‘Teu pai quer a cadeira do Flávio Bolsonaro’, diz Jair Bolsonaro ao comentarista de esquerda André Marinho



Presidente discutiu com integrante do Pânico após ser questionado se um ‘rachador’ tem que ir para a cadeia; senador foi denunciado pelo MP-RJ pela prática de ‘rachadinha’ em seu gabinete na Alerj

Em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, o presidente Jair Bolsonaro discutiu com André Marinho e afirmou que o pai do comentarista, o empresário Paulo Marinho, quer ocupar a cadeira do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), de quem é suplente. Sem citar nominalmente o nome do filho Zero Um, Marinho perguntou se um “rachador”, em alusão a agentes públicos que comandam esquemas de “rachadinha”, que consiste no desvio de salário de assessores lotados em gabinetes, tem que ir para a cadeia ou não. 

Em outubro do ano passado, Flávio e seu ex-assessor Fabrício Queiroz foram denunciados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro, apropriação indébita e organização criminosa por um esquema ocorrido entre 2007 e 2018 no gabinete do filho mais velho do presidente da República quando ele ocupava uma cadeira de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

“Eu tenho uma denúncia muito séria sobre algo que está acontecendo no meu Rio de Janeiro, onde eu nasci e onde ele [Bolsonaro] militou na política. São vários deputados, nos seus gabinetes, do PSB, PSOL, PT, que estão roubando a torto e a direito o salário de assessor e botando no próprio bolso, desviando dinheiro público. Então, presidente, eu te pergunto: rachador tem que ir para a cadeia ou não?”, questionou Marinho. Irritado, Bolsonaro disparou: “Marinho, você sabe que eu sou presidente da República e respondo pelos meus atos. Então, não vou aceitar provocação tua. 

Você recolha-se ao seu jornalismo. Não vou aceitar. O teu pai é o maior interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. Eu não vou discutir contigo, ou acaba a entrevista agora. O teu pai quer a cadeia do Flávio. Eu decidi, com o Flávio, indicar teu pai para ser o suplente dele. Não tem mais conversa contigo”. “É tigrão com humorista e tchutchuca com o STF”, rebateu o comentarista da Jovem Pan. Minutos depois, André Marinho insistiu na pergunta. O presidente da República, por sua vez, encerrou a entrevista.


Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();