/> Terça Livre, de Allan dos Santos, anuncia fim de suas atividades após perseguição do STF - Folha da Política

Breaking news

Terça Livre, de Allan dos Santos, anuncia fim de suas atividades após perseguição do STF


Site não pode mais ser acessado, enquanto páginas do YouTube foram derrubadas a pedido do STF

O analista político Italo Lorenzon, um dos fundadores do site Terça Livre, anunciou em suas redes sociais na noite de sexta-feira (22) que as atividades da plataforma que ajudou a criar estão encerradas. Por meio de uma breve postagem no Twitter, ele agradeceu o apoio que recebeu.

– Hoje, 22/10/2021, o Terça Livre encerrou suas atividades. Muito obrigado a todos – escreveu Lorenzon.

Já neste sábado (23), não é mais possível ter acesso à pagina do Terça Livre na internet. Ao utilizar o link para acessar o endereço, o usuário recebe uma mensagem de erro. Os canais do site no YouTube já haviam sido derrubados por decisão do Supremo Tribunal Federal.

Na sexta, o YouTube também tirou do ar no Brasil o canal Artigo 220, usado por Allan dos Santos, fundador do site, após suspensão do Terça Livre na plataforma. Ao tentar acessar a página em solo brasileiro, o usuário encontra a mensagem: “Este canal não está disponível em seu país”. No exterior, porém, o canal ainda pode ser visitado.

Allan é alvo de dois inquéritos no STF e teve a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes. O magistrado ainda pediu que o Ministério da Justiça inicie imediatamente o processo de extradição do jornalista, que está nos Estados Unidos, e ordenou que o mandado de prisão seja incluído na lista da Difusão Vermelha da Interpol.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário