Fala sério! Pesquisa da Quaest Consultoria diz que o ex-presidiário Lula é o melhor para combater à corrupção


Petista chegou a ficar preso por 580 dias após condenação na Lava Jato

A pesquisa realizada pela Quaest Consultoria, por encomenda da Genial Investimentos, mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ficou preso pouco mais 1 ano e 5 meses, após ser condenado pela Lava Jato, é o melhor candidato para combater a corrupção na política brasileira.

Para 28% dos entrevistados, Lula é o nome ideal para acabar com a corrupção no país. Atrás dele aparecem o presidente Jair Bolsonaro (24%), e o ex-juiz Sergio Moro (14%). Curiosamente, Moro foi o responsável pela sentença que colocou Lula na cadeia por 580 dias.

LEIA TAMBÉM: 

Na visão dos entrevistados, Lula também é o nome mais capacitado para solucionar problemas da criminalidade e da segurança pública, com 29% da preferência. Bolsonaro e Moro marcam, respectivamente, 25% e 14%.

A Quaest Consultoria ainda indicou que o ex-presidente é o favorito dos entrevistados no tópico “saúde, pandemia e vacina”. O placar dá 37% de preferência a Lula, 19% a Bolsonaro e 4% a Moro.

Além disso, apesar da crise econômica deixada pelos governos do PT, Lula é visto por 44% dos abordados como o candidato ideal para alavancar a economia novamente. Bolsonaro é considerado desta maneira por 18% e Moro, 4%.

Um comentário:

  1. Eu teria vergonha de divulgar uma pesquisa como essa, absurda, foi feita dentro de um presídio por acaso?

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();