Bolsonaro confirma Auxílio de R$ 400: ‘Ninguém vai furar teto’


Presidente disse que o programa social será bancado com "responsabilidade"

Na manhã desta quarta-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o novo programa social Auxílio Brasil será de R$ 400. Ele garantiu ainda que o teto de gastos não será ultrapassado e que o valor será custeado com o orçamento da União.

– Ontem, nós decidimos que, como está chegando ao fim o auxílio emergencial, dar uma majoração ao antigo programa Bolsa Família, agora chamado Auxílio Brasil, de R$ 400. […] Temos a responsabilidade de fazer com esses recursos venham do próprio orçamento da União. Ninguém vai furar teto nem fazer estripulia no orçamento – disse o presidente.

Para o chefe do Executivo, “seria extremamente injusto deixar 17 milhões de pessoas com valor tão pouco do Bolsa Família”.

– Quero dizer a vocês que sabemos também que muitas necessidades que vocês têm não tem como resolvermos tudo de uma hora para outra, mas vamos dar o exemplo, trabalhando para todo o Brasil – completou.

A divulgação dos detalhes do Auxílio Brasil estava marcada para ocorrer nesta quarta-feira (20), mas o evento foi cancelado a fim de que o governo pudesse rever os cerca de R$ 30 bilhões que extrapolariam o teto de gastos.

O presidente está em seu terceiro dia de viagem à Jornada das Águas, em Russas, no Ceará, em uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Regional que visa entregar obras e anunciar melhorias no abastecimento de água no sertão.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();