Ato contra Bolsonaro na Avenida Paulista fracassa e só teve 8 mil pessoas e trio elétrico alugado por R$ 100 mil



Estimativa foi divulgada pelo governo de São Paulo na noite deste sábado

Na noite deste sábado (2), a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que os atos contra o presidente Jair Bolsonaro na Avenida Paulista juntaram cerca de 8 mil pessoas. O número mostra uma evolução em relação aos atos do dia 12 de setembro, quando o estimado foi de cerca de 6 mil pessoas.

Os protestos deste sábado foram puxados por movimentos sociais, sindicatos e esquerdistas. Entre as pautas reivindicadas estavam o impeachment do presidente Jair Bolsonaro, o aumento do custo de vida e o retorno do auxílio emergencial nos moldes que foi aplicado no início da pandemia, de maneira mais generalizada.

Nas redes sociais, aliados e admiradores de Bolsonaro fizeram piada sobre a baixa adesão aos atos, e confrontaram as imagens com a suposta alta na rejeição ao presidente.

4 comentários:

  1. Esses esquerdistas que ficam aí fazendo protesto contra o presidente, tendo entre as pautas revendicacão da volta do auxílio emergêncial, nos moldes do início da pandemia e de modo mais abrangentes, eu quero dizer pra vcs tomarem vergonha e procurar trabalhar para defender de maneira digna e honrada os seus proventos como eu apoiador de Bolsonaro faço, tome vergonha estão mau acostumado heim, o 9 dedos viciou vcs, outra o Governo não tá com o cofre transbordando não, pelo contrário tá é pagando dívida que os seus petistas deixaram.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem!Vc é politizado! É isso mesmo!Acordem meu povo enquanto é tempo!

    ResponderExcluir
  3. O povão acordou,sabem que o luladrao rouba cuia de cacimba!

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();