Vídeo mostra colisão que matou motoboy, homem estava a 163 km/h no instante em que bate em motoboy em João Pessoa, foi encontrado maconha e bebida dentro do carro



Colisão foi no Retão de Manaíra, na madrugada de sábado (11), e motociclista teve morte imediata. Imagens comprovam também que motorista ultrapassa o sinal vermelho.

O motorista que provocou a colisão que matou o motoboy Kelton Marques, de 33 anos, na madrugada de sábado (11), em João Pessoa, dirigia a 163 km/h no momento da batida. Ele ultrapassa o sinal vermelho do cruzamento da avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho, o Retão de Manaíra, com a rua Mirian Barreto, e acerta o homem, que teve morte imediata. Essas informações estão num vídeo que o G1 teve acesso e que foi gravado de dentro do carro envolvido no incidente.

O vídeo, na verdade, tem quase três minutos. E começa a ser gravado bem antes da batida. É possível ver que o motorista dirige em alta velocidade pela BR-230, no sentido entre Cabedelo e João Pessoa.

No momento em que o vídeo é iniciado, o motorista está perto de 90 km/h, mas em velocidade ascendente. Ele chega a ultrapassar os 150 km/h antes de reduzir a velocidade por causa de uma lombada eletrônica.

Mais a frente, ele volta a acelerar. Mesmo quando entra na rua mais estreita, de acesso para a avenida Tancredo Neves, ele chega a quase 140 km/h. O motorista então entra na Tancredo, em direção ao Centro, mas com a intenção de fazer o retorno para ir em direção à praia. Inclusive, ele está a mais de 90 km/h quando tenta fazer o retorno. Não segura o carro e chega a rodar na pista.

É quando ele volta a acelerar e retoma a alta velocidade. A partir daí não para mais de reduzir a velocidade. Vai pela Tancredo Neves, passa por baixo do viaduto, entra no Retão e segue acelerando cada vez mais. Chega a 163 km/h quando ultrapassa o semáforo vermelho e bate no motorista. O vídeo é encerrado neste momento.

Entenda o caso

O entregador por aplicativo Kelton Marques morreu após ser atingido por um carro em alta velocidade, no Retão de Manaíra, pouco depois das quatro horas da manhã.

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas quando chegou a vítima já estava sem vida. Kelton Marques tinha 33 anos, duas filhas e morava em Santa Rita. Ele trabalhava em um restaurante que atendia nas madrugadas, e na hora do acidente já tinha terminado as entregas do dia e voltava para casa.

Com o impacto, a vítima chegou a ser arremessada e a motocicleta teve destruição total. O carro ficou parcialmente destruído. De acordo com o delegado do caso, Luiz Eduardo, latas de cerveja e substâncias entorpecentes estavam espalhadas pelo carro do motorista.



A Polícia também afirmou que o veículo estava em alta velocidade e ultrapassou o sinal vermelho. Já a motocicleta seguia em velocidade regular, cumprindo os limites do trânsito.

De acordo com informações da equipe dos Bombeiros, o motorista não chegou a ser socorrido pois fugiu do local, sem prestar socorro. Ele ainda não foi localizado pela polícia. 

FONTE: G1

3 comentários:

  1. Vergonhoso...furar si al é crime...e também mts motoristas que não estão nem aí com farol auto em rodovias..até mesmo dentro da cidade...não adianta pedir para baixar ...ja observei que a maioria que faz isso são motoristas novos ou seja entre 18 a 30 anos...isso deveriam ter uma fiscalização melhor...acidentes acontecem por ofuscar a visão de alguém com faróis autos também...pensem nisso..

    ResponderExcluir
  2. O culpado dever ser importante.. não teve o nome divulgado.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();