Sucesso das manifestações dá a Bolsonaro carta branca para tomar grandes decisões


É preciso ter coragem para aplicar os "remédios" constitucionais de que o Brasil precisa neste momento

Como muitos de nós havíamos previsto, as manifestações que ocorreram ontem, no Dia da Independência do Brasil, foram um grande sucesso de público. Apenas em Brasília, segundo uma nova atualização divulgada pelo portal Metrópoles, cerca de 400 mil pessoas compareceram ao ato de apoio ao presidente Jair Bolsonaro e às liberdades individuais.

Apesar da militância de boa parte da velha imprensa e das críticas psicóticas da oposição, tentando desqualificar o caráter legítimo, democrático e grandioso das manifestações, nada disso impediu que pudéssemos alcançar o grande objetivo de dar ao presidente da República uma carta branca para que ele possa tomar quaisquer decisões em favor do Brasil.

No contexto atual, em que a crise entre os Poderes vem sendo provocada por pessoas que pensam ser donas do Brasil e poder controlar a liberdade de expressão e de comunicação dos seus críticos, direitos fundamentais garantidos em nossa Constituição Federal, o presidente da República precisava do aval do povo para poder tomar medidas mais drásticas.

 LEIA TAMBÉM: Promotores de Brasília pedem a prisão de nove ministros do STF

Sucesso das manifestações dá a Bolsonaro carta branca para tomar grandes decisões

Esquerdista que ia protestar contra Bolsonaro é preso com faca, soco inglês e coquetel motolov no RJ

Aguinaldo Ribeiro deputado federal chamou de facções todos que foram para as manifestações dia 7 de Setembro

Alexandre de Moraes mandou a PF prender Zé Trovão para induzir caminhoneiros a entrar em greve e prejudicar a economia do Brasil

Isso porque é o povo, amparado pela Constituição, que legitima reações políticas e administrativas mais severas por meio do apoio manifesto ao presidente nas ruas. E foi justamente isso o que vimos no 7 de setembro: um número incalculável de pessoas em quase todas as capitais do Brasil (para não dizer todas) dizendo ao presidente “EU AUTORIZO”.

Quais medidas serão essas tomadas pelo presidente nós ainda não sabemos. A única certeza que temos, conforme o que já foi declarado pelo próprio Jair Bolsonaro, é que elas virão “dentro das quatro linhas da Constituição”. E, sim, não duvidem, a nossa Carta Magna possui dispositivos suficientes para garantir a liberdade do país contra os abusos de grupos e tiranos.

Contudo, é preciso ter coragem para aplicar os “remédios” constitucionais de que o Brasil precisa neste momento. E parece que coragem o atual presidente possui. Ainda mais hoje, depois do tão desejado “retrato para o mundo”, registrado no dia de ontem.

O povo, mais uma vez, fez a sua parte. E tenho a certeza de que fará novamente se for preciso. Agora, portanto, a questão está nas mãos do Executivo. Afinal, o momento também exige respostas urgentes do lado político-administrativo, e a carta branca já foi dada. Resta-nos apenas saber o que será escrito nela daqui em diante. Oremos, pois, pelo Brasil!

Por Marisa Lobo

FONTE: PLENO.NEWS

2 comentários:

  1. gloria a Deus sempre orando pelo brasil e pelo nosso presidente jair Messias bolsonaro hj mesmo convudei meu grupo para faser um religión de 24 e3 oração e sei que Deus ja começou agir.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();