RJ colocará mil placas do orgulho LGBT em prédios públicos



Avisos serão fixados em prédios como museus, bibliotecas e teatros

A Prefeitura do Rio de Janeiro irá instalar mil placas nas entradas de prédios públicos da cidade informando que é proibida a discriminação de pessoas LGBT.

A Secretaria de Cultura instalará as primeiras 150 placas. Elas serão colocadas na porta de bibliotecas, museus, teatros, lonas culturais e arenas da cidade. As outras 850 serão fixadas até o fim do ano.

Foi estabelecida ainda uma meta de que, até o fim do ano que vem, o total seja de 3.500 placas com a seguinte frase: “É expressamente proibida a prática de discriminação (constrangimentos e/ou atendimento diferenciado), motivada pela orientação sexual ou identidade de gênero, conforme Lei Municipal nº 2475/1996”.

A medida é parte de uma ação da Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual do Rio.

 LEIA TAMBÉM: Promotores de Brasília pedem a prisão de nove ministros do STF

Sucesso das manifestações dá a Bolsonaro carta branca para tomar grandes decisões

Esquerdista que ia protestar contra Bolsonaro é preso com faca, soco inglês e coquetel motolov no RJ

Aguinaldo Ribeiro deputado federal chamou de facções todos que foram para as manifestações dia 7 de Setembro

Alexandre de Moraes mandou a PF prender Zé Trovão para induzir caminhoneiros a entrar em greve e prejudicar a economia do Brasil

3 comentários:

  1. ISSO TUDO É UMA ABERRAÇÃO
    QUE NOJO DESSA SOCIEDADE DOENTE
    SÓ UM DILÚVIO, PRA CURAR ESSE PLANETA.

    ResponderExcluir
  2. Eu terei q pagar para q as pessoas entendam a opção sexual dos outros? É isso?

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();