Prejuízo! Globo tem prejuízo de R$ 114 milhões no primeiro semestre; VEJA VALORES


 

Gastos com futebol são os principais "vilões"

De acordo com documento financeiro divulgado ao mercado, a TV Globo fechou o semestre com um prejuízo de R$ 114 milhões. Embora as receitas com publicidade tenham apresentado um aumento de 17%, os gastos com futebol explodiram, resultando em uma queda de 133% no lucro operacional, se comparado a 2020.

As inúmeras demissões no ano passado e a pausa nas gravações devido à pandemia de Covid-19 permitiram que a emissora obtivesse um lucro operacional de R$ 560 milhões no segundo trimestre de 2020.

A receita líquida da emissora chegou a R$ 6,451 bilhões no primeiro semestre de 2021. Quase a totalidade desse aumento de receita veio de eventos esportivos e de atrações regulares, como o Big Brother Brasil, por exemplo.

LEIA TAMBÉM: 

– Programas como Big Brother Brasil, telenovelas, esportes ao vivo e reality shows resultaram em importante recuperação das receitas de merchandising e publicidade nos canais digitais, free to air e por assinatura – afirma a direção da Globo no documento.

No entanto, mesmo os números “animadores” da receita não foram suficiente para evitar resultados operacionais negativos. A emissora teve um aumento de custos e despesas de 69%.

A emissora carioca explica que a volta de eventos esportivos e da programação normalizada explicam a piora.

– Custos e despesas foram 36% superiores ao primeiro semestre de 2020, impactados pelo retorno de eventos esportivos ao vivo e pela amortização de direitos esportivos de R$ 503 milhões, devido ao grande reescalonamento de jogos que afetou todas as competições do futebol brasileiro no ano de 2021 – disse a empresa.

Como resultado, o saldo líquido, que no primeiro semestre de 2020 tinha sido um prejuízo de R$ 51 milhões, em 2021 saltou para R$ 114 milhões negativos, uma piora de 133% nos primeiros seis meses de 2021.

O atual desafio da Globo é mostrar que ela poderá voltar a crescer dando lucro, no cenário pós-pandemia, com a volta do futebol e das gravações. As informações constam em documento apresentado ao mercado financeiro e divulgado pelo site Notícias da TV.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();