‘Escondido’ e sem povo nas ruas, fugindo de vaias, instituto de pesquisa Ipec dá vitória a Lula no 1º turno



Novo instituto de pesquisas é comandado pelos antigos donos do Ibope

Mesmo sem o apoio de manifestações populares de grande alcance, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece mais de 20 pontos porcentuais à frente do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo pesquisa sobre as eleições presidenciais realizada pelo Instituto em Pesquisa e Consultoria (Ipec) e divulgada nesta quarta-feira (22).

Recém-conhecido do público, o Ipec é comandado pelos antigos donos do Ibope Inteligência – que encerrou suas atividades no início deste ano após o fim da parceria com o grupo internacional Kantar Group, que detinha o licenciamento das operações do Ibope no Brasil.

Nas duas simulações pesquisadas, Lula supera todos os outros virtuais candidatos a presidente da República somados, o que o levaria a vencer no primeiro turno se o pleito fosse hoje, segundo o levantamento divulgado pela TV Globo.

No primeiro cenário indicado pelo Ipec, Lula tem 48% ante 23% de Bolsonaro. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece com 8%, à frente do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que tem 3% e está empatado com o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), também com 3%. Votos em branco e nulos somam 10%, e não sabem ou não responderam, 4%.

No segundo cenário, Lula tem 45%, e Bolsonaro 22%. Nesta sondagem, Ciro aparece com 6%, um ponto porcentual à frente do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro (sem partido), que tem 5%. O jornalista José Luiz Datena (PSL) vem em seguida, com 3%, e Doria aparece com 2%. Mandetta e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), estão empatados, com 1%. Os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Simone Tebet (MDB-MS) não pontuaram. Votos em branco e nulos somam 9%, e não sabem ou não responderam, 5% dos entrevistados. Neste cenário, Lula aparece no limite da margem de erro para vencer em primeiro turno, se as eleições fossem hoje.

A pesquisa do Ipec foi realizada de 16 a 20 de setembro e ouviu 2.002 pessoas, em 141 municípios. A margem de erro é de 2 pontos para mais e para menos. O nível de confiança é de 95%.

*Com informações da AE




7 comentários:

  1. Como está na frente nas pesquisas da quadrilha da Goebbel Globolixo, se não consegue sair às ruas? Kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso se explica fácil:
      É porque o jumento fica trancado nas estrebarias e não pode sair às ruas!!!
      Kkkkk
      E as pesquisas devem ser feitas por telefone, com público escolhido! Kkk

      Excluir
  2. Tem algum lugar onde eu possa deixar a minha risada? Esses institutos de pesquisas não passam de departamentos de imprensa de organizações criminosas fantasiadas de partidos políticos. Deveriam ser ter suas concessões caçadas pelo deserviço que prestam a sociedade.

    ResponderExcluir
  3. Pesquisas feitas apenas com petistas e esquerdistas.

    ResponderExcluir
  4. KkkkkkkkkkKkkkkkkkkkkkkkkkklkkkk
    Pra está pesquisa

    ResponderExcluir
  5. Este instituto e uma bosta, junto com o IBOPE Globosta CNM lixo e outros jornalistas de esquerda.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();