Conselheiro médico orienta Lula a não estar no 7 de setembro, internautas diz que o Petista está fugindo de vaias



"Muitas pessoas iam querer abraçá-lo", disse Alexandre Padilha

O ex-ministro da Saúde e deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) aconselhou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a não comparecer às manifestações programadas para o dia 7 de setembro. Padilha, que é medico e conselheiro do petista, alega que “a pandemia não acabou”.

– Durante toda a pandemia estive atendendo nas unidades de saúde, nos hospitais, me expondo permanentemente. Não parei de atender nas unidades de saúde junto com os alunos nem de atender as pessoas – afirmou Padilha.

Segundo o parlamentar, a presença de Lula gera aglomerações de pessoas querendo abraçá-lo, “inevitavelmente” podendo colocar em risco a saúde do ex-presidente, bem como a de sua equipe e a dos próprios manifestantes.

Nesta terça-feira (31), Lula esteve em reunião com movimentos sociais de oposição ao governo, e uma das pautas foi sua presença nos atos. Ao fim do encontro, o petista não deu um veredito.

Um comentário:

  1. "Lula gera aglomeração" é serio que ele disse isso? kkkk

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();