Bolsonaro zera imposto de remédio para tratar o câncer



Produtos de acessibilidade também tiveram os impostos reduzidos a 0%

O governo federal zerou os impostos de importação para medicamento contra o câncer e de dispositivos para pessoas com deficiência (PcD). O presidente Jair Bolsonaro compartilhou a notícia em uma rede social, antes de embarcar para Nova Iorque neste domingo (19).

O Atezolizumabe é um anticorpo monoclonal usado no tratamento do câncer metástico e teve redução tarifaria de 2% para 0%.

Além do medicamento, a decisão impacta produtos como próteses endoesqueléticas para as pernas, teclados e dispositivos de acessibilidade a computadores para pessoas com deficiência.

As medidas foram aprovadas na última quarta-feira (15) pelo Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério da Economia.

A determinação inclui esses produtos na Lista Brasileira de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) ou na Lista de Bens de Informática e Telecomunicações (Lebit).




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();