Apoio de PMs a Bolsonaro dispara na web às vésperas do dia 7



Base de apoiadores vai da baixa à alta patente

A poucos dias da realização das manifestações do dia 7 de setembro, policiais militares têm demonstrado apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Um estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) identificou que a adesão de PMs às pautas defendidas pelo governo federal disparou em relação ao ano passado.

De acordo com o levantamento, os policiais de baixa patente (soldados, cabos, sargentos e subtenentes) representam 51% da base de apoio do presidente dentro da Polícia Militar. No ano passado, o índice era de 41%. Destes praças, 30% divulgam e interagem com conteúdos como o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal e o voto impresso e auditável. No ano passado, o índice era de 25%.

Já entre os oficiais de alta patente (aspirantes a oficiais, tenentes, capitães, majores, tenentes-coronéis e coronéis), a adesão às pautas do governo chega a 44% da tropa – em 2020, o alinhamento ao bolsonarismo era de 34%. Deste total, 23% dos oficiais reagem a conteúdos como o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal e o voto impresso e auditável. No ano passado, este índice era de 17%.

O mesmo movimento não se vê na Polícia Federal, que tem 17% de seus agentes simpáticos ao governo Bolsonaro. Na Polícia Civil, este índice é ainda menor: 13%.

Os dados foram obtidos pela FBSP por meio do cruzamento da listagem de policiais da ativa, disponível nos Portais de Transparência, e de uma pesquisa para identificar os perfis desses agentes, no Facebook e no Instagram.

Ao todo foram verificados 651 perfis. O índice de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro é de 3%.

LEIA TAMBÉM: 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();