Senador Marcos Rogério alerta sobre CPI: “É um jogo eleitoral”



Parlamentar acusa comissão de trabalhar de forma tendenciosa

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), que tem sido um dos maiores defensores do governo federal na CPI da Covid-19, fez duras críticas ao pedido do Tribunal Superior Eleitoral para que o Supremo Tribunal Federal inclua o presidente Jair Bolsonaro no inquérito das fake news. Uma decisão do ministro Alexandre de Moraes atendeu ao pedido do TSE.

Em entrevista a Berenice Leite, em Brasília, o senador alertou para o que chamou de “momento muito triste” que se vive no Brasil.

LEIA TAMBÉM: 


 

– O Brasil está vivendo um momento muito triste, onde instituições acabam desafiando instituições. Cada instituição tem que respeitar o papel da outra. O ambiente da política não pode contaminar o ambiente dos tribunais. Juízes devem julgar dentro dos tribunais, apartados das paixões políticas – ressaltou.

O senador, que é um dos poucos da base aliada do governo na CPI da Covid-19, criticou os trabalhos da comissão. Ele afirmou se trata de um “jogo eleitoral”.

– A CPI é um jogo político, é a antecipação do jogo eleitoral, não se busca investigar o que de fato aconteceu, desvios, corrupção, porque dinheiro foi desviado, há suspeitas de corrupção no Consórcio Nordeste, nos estados da federação! Infelizmente, a sociedade brasileira vai continuar vendo, na CPI, a repetição de uma investigação seletiva. Eles querem investigar apenas o governo federal, apenas o Ministério da Saúde – acusou.

Rogério ainda afirmou que a cúpula da CPI trabalha de forma tendenciosa.

– Há evidências, há provas, mas isso o grupo que comanda a CPI não quer investigar, eles querem apenas investigar o presidente Bolsonaro, talvez por medo de que a investigação chegue ao quintal de casa daqueles que têm assento na comissão – alertou.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();