Facebook está classificando a expressão Glória a Deus, como discurso de ódio



Pr. Lucinho compartilhou relato nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (19), o pastor Lucinho compartilhou relatos a respeito de restrições em uma rede social. Ele disse que o Facebook está classificando a expressão “glória a Deus” como um discurso de ódio.

Um post do religioso mostrou prints que apontam notificações recebidas por quem tentou escrever a expressão. Um alerta do Facebook informa que “é possível que este comentário não siga nossos Padrões da Comunidade”.

– O Facebook está classificando a expressão “glória a Deus” como discurso de ódio. Se você continuar a se posicionar, pagará um preço muito alto porque, hoje, censuram alguém, mas amanhã censurarão você – escreveu o pastor.

Relatos de outros usuários também foram compartilhados na rede social, nesta quinta. Segundo eles, após escrever “glória a Deus! Aleluia!”, surge uma notificação.

LEIA TAMBÉM: 


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();