Depois de indiciar Bolsonaro, Renan Calheiros vai ter um encontrinho com Lula



Renan pediu que fosse depois da CPI da Covid para não dar ao presidente da República o discurso de perseguido político.

Após entregar o relatório final da CPI da Covid e indiciar o presidente Jair Bolsonaro por por negligência na pandemia, o relator do colegiado, Renan Calheiros vai retomar as relações com Lula. A informação é da revista Veja.

Senador vai apoiar candidato do Partido dos Trabalhadores nas eleições de 2022

Segundo o veículo, recentemente, o Renan Calheiros combinou, por telefone, o encontro com o petista e pediu que fosse depois da CPI da Covid para não dar ao presidente da República o discurso de perseguido político.

Renan Calheiros integra a ala do MDB que defende uma aproximação maior com o petista e o seu projeto de retorno ao Planalto.

LEIA TAMBÉM: 




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();