CEO da Fórmula 1 é morta em casa pelo marido após traição



Ex-piloto Franz Dubois matou as duas mulheres e cometeu suicídio

A diretora do tradicional circuito de Spa-Francorchamps, da Fórmula 1, Nathalie Maillet, foi morta pelo próprio marido, neste domingo (15). Nathalie era casada com o ex-piloto Franz Dubois.

De acordo com o jornal belga DH, a vítima, de 51 anos, foi assassinada dentro de casa, que fica na cidade de Gouvy, em Luxemburgo, capital da Bélgica.

A publicação afirma que o crime aconteceu quando Dubois chegou em casa e flagrou a esposa com uma amante. Ao ver a cena, ele pegou uma arma e matou as duas mulheres. Em seguida, ele tirou a própria vida.

– Fui avisada, por volta das 2h30, pela polícia, que um duplo homicídio, seguido de um suicídio, tinha sido cometido nesta casa – disse Véronique Léonard, governante de Gouvy.

O Ministério Público está investigando o caso.

Maillet foi nomeada CEO da etapa de Spa-Francorchamps em junho de 2016. Desde então, tornou o local um circuito atraente para receber diferentes provas de automobilismo.

No Twitter, a conta da Fórmula 1 lamentou a tragédia.

– Estamos profundamente tristes com a terrível notícia da morte de nossa amiga Nathalie Maillet. Toda a Fórmula 1 envia suas mais profundas condolências à sua família e amigos. A comunidade do automobilismo perdeu uma pessoa incrível e todos vamos sentir muito a falta dela – disse o perfil.

LEIA TAMBÉM: 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();