Bolsonaro sugere Barroso como vice de Lula: ‘É um amor eterno’



Presidente participou de debate na rádio 93FM, do Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro continuou sua ofensiva, nesta quinta-feira (5), contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso. Em participação no debate da rádio 93FM, do Rio de Janeiro, Bolsonaro insinuou que o presidente do Tribunal Superior Eleitoral teria algum vínculo com o Partido dos Trabalhadores (PT).

LEIA TAMBÉM: 


 

– O Barroso deve alguma coisa ao PT, com certeza. Alguma coisa o faz lutar contra o voto impresso como se fosse pela vida dele. Se nós admitirmos isso aí, nosso futuro estará comprometido. Entre as pautas do Barroso estão [a regulamentação do] aborto, a liberalização das drogas e a redução [do limite] da idade para estupro de vulnerável. É um homem que não tem religião – lembrou o presidente.

Em seguida, Bolsonaro expôs as ações e contradições do ministro, que faz lobby pelo atual sistema eleitoral, sem impressão do “recibo” do voto e sem apuração pública das urnas.

– Ele fala em ciência, mas se consulta com o [médium] João de Deus. Essa é a pessoa que temos dentro do STF. E agora se arvora como dono do Brasil. Se ele quer ser presidente, que se candidate. Afinal de contas, ele tem um amor eterno pelo lula. Ele poderia ser vice do Lula, ou poderia convidar o Lula pra ser vice dele. E daí, com as suas urnas, quem sabe, buscar a vitória nas eleições – sugeriu.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();