Alexandre de Moraes ameaça e diz que STF entrou no modo “bateu, levou”


Ministro deu declarações em encontro com senadores da CPI da Covid

O ministro Alexandre de Moraes recebeu na sede do Supremo Tribunal Federal, na terça-feira (23), senadores que participam da CPI da Covid, como Omar Aziz, Randolfe Rodrigues, Renan Calheiros, Eliziane Gama e Humberto Costa. Durante o encontro, Moraes recebeu a solidariedade dos parlamentares, após pedido de impeachment contra ele feito pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com a coluna de Lauro Jardim, no Jornal O Globo, o ministro do STF procurou “tranquilizar” os senadores, garantindo-lhes que não haverá ruptura institucional. No entanto, o STF entrou no modo “bateu, levou” e não vai mais admitir “os arroubos golpistas de Bolsonaro”.

Senadores se mostraram preocupados com as manifestações do dia 7 de setembro, em favor do governo Bolsonaro. A movimentação de policiais militares na organização dos atos teriam aumentado a preocupação. Moraes, que é ex-secretário de Segurança Pública de São Paulo, afirmou que está em contato com titulares das pastas nos estados.

 LEIA TAMBÉM: 

Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();