Vereador do PT é preso durante protesto contra Jair Bolsonaro, ele agrediu um homem no rosto com megafone



Renato Freitas se envolveu em confusão com apoiador do presidente

O vereador petista Renato Freitas foi detido, na noite desta sexta-feira (23), em Curitiba, no Paraná, ao participar de um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro. Renato estava em uma praça no Centro da cidade quando foi rendido por guardas municipais e levado dentro do porta-malas da viatura para a Central de Flagrantes.

LEIA TAMBÉM: 


 

O parlamentar gravou um vídeo enquanto aguardava para depor. Ele afirmou que usava um megafone para gritar palavras de ordem contra Bolsonaro quando abordado por um homem.

– Ele veio em cima de mim para pegar meu megafone e eu vim para trás. E em um primeiro momento eu não liguei muito, então ele me deu um chute. Eu coloquei a mão e falei: opa, aqui não. Daí ele já veio feito um louco querendo me agredir – relatou.

Freitas admite que reagiu e, ao tentar afastar o homem com o megafone, o objeto atingiu o rosto dele. Em seguida, a Guarda Municipal chegou. O vereador afirmou sua inocência e disse que câmeras de segurança do local irão comprovar que ele não provocou a confusão e nem ofereceu resistência aos guardas.

– Um fato que deve ser sublinhado é de que quando veio a Guarda Municipal eu comecei a esclarecer o ocorrido e por conta de questões pessoais não me deixaram explicar o que ocorreu. E a Guarda começou a me imobilizar, me agredir. Eles me jogaram no chão, pisaram, começaram me asfixiar. Pegaram o celular e começaram a filmar meu rosto como se eu fosse um troféu – reclamou.

Ainda segundo Freitas, durante o trajeto para a delegacia, os agentes colocaram música no último volume e celebraram a prisão do ativista.

O PT usou as redes sociais para manifestar repúdio à ação.

– A perseguição com lideranças de esquerda precisa parar. Não podemos mais aceitar esses casos de violência, justiça para Renato Freitas já – escreveu o perfil do partido.

2 comentários:

  1. Esse vermeador tem que ir para Cuba que o pariu. Simples assim.

    ResponderExcluir
  2. Sempre assim, fazem de tudo, depois dizem não fomos nós! Justiça para o vereador, cana, jaula!!!!!

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();