Representação contra Jandira Feghali pode resultar em cassação



Deputado Eduardo Bolsonaro acionou a parlamentar no conselho de ética da Câmara

Com apoio do Roberto Jefferson, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) acionou a deputada Jandira Feghali (PCdoB/RJ) no conselho de ética da Câmara. Em um vídeo, publicado na sexta-feira (2), o parlamentar disse que Jandira quebrou o decoro parlamentar ao postar foto do genocida Josef Stálin em suas redes sociais.

Jefferson é presidente do PTB e assinou o documento apresentado contra a deputada do PCdoB.LEIA TAMBÉM: Morre de covid-19 aos 44 anos, Médico ortopedista em Curitiba, médico já tinha se vacinado com 2 doses da CORONAVAC

Pai do prefeito Eduardo Paes morre aos 78 anos vítima de covid-19, Valmar Paes se vacinou em Março com 2° dose da CORONAVAC

CPI DA COVID: STF PROTEGE E FORMA MAIORIA PARA PROIBIR CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES

CPI DA COVID: STF PROTEGE E FORMA MAIORIA PARA PROIBIR CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES

URGENTE: Relatório do CDC dos EUA admitem mais hospitalizações de jovens por causa da vacina com miocardite e pericardite do que do vírus COVID-19

De acordo com Eduardo Bolsonaro, uma publicação de Feghali é uma ‘clara relativização das atrocidades cometidas pelo ditador soviético’, tais como o Holodomor Ucraniano.

– O Holodomor foi o confisco de grãos da Ucrânia que em números conservadores teria levado à morte de 4 a 5 milhões de pessoas, mas que há estimativas que dizem que esta numero pode chegar a mais do que o dobro – declarou o deputado.

Ainda segundo Eduardo, “não se brinca com quem assassinou mais de 20 milhões de inocentes”.

– Não se brinca com quem assassinou mais de 20 milhões de inocentes, maioria por apenas discordar do cruel genocida. É inimaginável que alguém tente relativizar a imagem, por exemplo de Hitler, ditador do sistema nazista que é justamente criminalizado no Brasil.

Em seu vídeo, ele também destacou que a Ucrânia já criminalizou tanto o nazismo quanto o comunismo, por ambos os regimes sempre desaguarem em sanguinários genocídios. Eduardo apontou que Jandira poderá ter seu mandato cassado por apologia ao genocídio.

4 comentários:

  1. Apoiado, deputado Eduardo Bolsonaro! Essa Jandira Feghali passou dos limites. Nojo dessa Esquerda corrupta.

    ResponderExcluir
  2. ÓTIMO, EDUARDO AJUDE NOSSO POVO A ELIMINAR DE VEZ ESSAS ESQUERDOPATAS DA VIDA PÚBLICA BRASILEIRA, ONDE ESTÁ A LÓGICA DE TERMOS EM NOSSAS CONTAS VADIAS GENOCIDAS E MORTAIS!!

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();