Netflix aumenta preços bem acima da inflação



Assinatura mais cara vai para 55,90 reais

Enfrentando concorrência cada vez mais acirrada, a Netflix fez o contrário do que prega o bom senso da economia de mercado: aumentou a mensalidade e se tornou o mais caro sistema de streaming de vídeo do Brasil. A mensalidade básica (de baixa resolução) foi para R$ 25,90. A “padrão”, com vídeo HD de 1080p, subiu para R$ 39,90. Quem quiser assistir a Netflix em 4K vai ter de pagar R$ 55,90.

LEIA TAMBÉM: 


 

A empresa declarou que não reajustava seus preços desde março de 2019. O site Canaltech observou que nesse período a inflação cresceu 12,28% e o aumento de preços da Netflix chega a 21,7%. Como comparação, a Prime Video da Amazon cobra R$ 9,90. Segundo a agência JustWatch, a disputa entre os dois serviços está cada vez mais apertada. A Netflix tem 31% do mercado, e a Prime Video, 24%.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();