Luciano Hang da Havan lidera pesquisa para o Senado, em Santa Catarina



"Véio da Havan" está à frente de ex-governador e outros políticos

O empresário Luciano Hang, que muitos chamam de “Véio da Havan”, amigo do presidente Jair Bolsonaro, é a principal surpresa na intenção de votos para Senador, nas eleições de 2022, no levantamento realizado pelo Paraná Pesquisas no Estado de Santa Catarina.

De acordo com a pesquisa, Havan lidera a corrida para o Senado com 22,9%, à frente do ex-governador Raimundo Colombo, um dos vice-presidentes da executiva nacional do PSD, que soma 17,3%.

LEIA TAMBÉM: Lula ataca militares e diz: "Militares conversa muita merda, devem trabalhar cuidando dos 25.000 km de fronteira e jamais se meter em política"

Comunismo, Venezuela: 96,2% da população vive na pobreza e 79,3% estão em situação extrema pobreza

Lula zomba e ataca Bolsonaro por rezar o Pai Nosso: “Não dá pra acreditar!”; Veja o vídeo!

Bolsonaro prevê fraudes nas eleições 2022 para presidente, senadores, governadores e deputados

Bolsonaro interrompe coletiva e reza Pai Nosso com jornalistas

Em 3º lugar está João Rodrigues (PSD), prefeito de Chapecó e pretendente à candidatura do seu partido ao Senado. Ele soma neste momento 7,9%, seguido do senador Dario Berger (MDB), que tenta viabilizar sua reeleição, com 5,3%.

Em 5º lugar na corrida pela vaga catarinense no Senado, Kennedy Nunes (PTB) soma 4,8%. Na sequência, aparecem a ex-senadora a petista Ideli Salvatti (4,3%), o ex-prefeito tucano de Blumenau Napoleão Bernardes (3,1%), o também tucano Gelson Merisio (2,9%) e o deputado federal Celso Maldaner, do MDB, com 2,6%.

Também são citados no levantamento, nas intenções de voto para senador, o deputado federal Daniel Freitas (PSL), que soma 2%, e o secretário especial de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior (PSL), ligado ao presidente Jair Bolsonaro.

Veja os números da pesquisa para Senador por Santa Catarina:



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();