Jair Bolsonaro mostra que tinha razão sobre crise na Argentina: presidente disse em 2019 que se a "esquerdalha" vencesse eleições, o povo argentino fugiria para o Brasil por causa da fome



Em 2019, presidente afirmou que se "esquerdalha" vencesse eleições, o povo argentino fugiria para o Brasil

Nesta quarta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para comparar notícias a respeito da Argentina. Ele expôs uma reportagem de 2019, que citou sua fala a respeito do risco que a população do país vizinho corria diante da eleição de Alberto Fernández.

Na época, a manchete destacava que segundo Bolsonaro argentinos fugiriam para o Brasil se a ‘esquerdalha’ voltasse ao poder no país vizinho. A declaração do presidente brasileiro foi dada durante um evento em Pelotas (RS).

LEIA TAMBÉM: Lula ataca militares e diz: "Militares conversa muita merda, devem trabalhar cuidando dos 25.000 km de fronteira e jamais se meter em política"

Comunismo, Venezuela: 96,2% da população vive na pobreza e 79,3% estão em situação extrema pobreza

Lula zomba e ataca Bolsonaro por rezar o Pai Nosso: “Não dá pra acreditar!”; Veja o vídeo!

Bolsonaro prevê fraudes nas eleições 2022 para presidente, senadores, governadores e deputados

Bolsonaro interrompe coletiva e reza Pai Nosso com jornalistas

— Povo gaúcho, se essa esquerdalha voltar aqui na Argentina, nós poderemos ter, sim, no Rio Grande do Sul, um novo estado de Roraima. E não queremos isso: irmãos argentinos fugindo pra cá, tendo em vista o que de ruim parece que deve se concretizar por lá caso essas eleições realizadas ontem se confirmem agora no mês de outubro — disse Bolsonaro. — Não se esqueçam que aqui mais ao Sul, na Argentina, o que aconteceu nas eleições de ontem. O que aconteceu nas eleições de ontem…. A turma da Cristina Kirchner, que é a mesma da Dilma Rousseff, que e a mesma de [Nicolás] Maduro e [Hugo] Chávez, e Fidel Castro, deram sinal de vida aqui – disse Bolsonaro, na ocasião.

Já nesta quarta-feira, ele comparou a notícia com o recente relato da Jovem Pan, a respeito do aumento de famílias argentinas vindo para o Brasil para escapar da crise econômica.



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();