General Mourão sobre CPI: “Senadores não são investigadores”



Vice-presidente ironizou colegiado e disse que comissão é "primordialmente política"

O vice-presidente Hamilton Mourão voltou a criticar, nesta sexta-feira (2), a atitude dos parlamentares integrantes da CPI da Covid. Na opinião do vice de Bolsonaro, os senadores não são investigadores e, por isso, os trabalhos da comissão são “primordialmente políticos”.

– A Comissão Parlamentar de Inquérito é primordialmente política, até porque os senadores que estão ali não são investigadores, pessoas acostumadas a conduzir inquéritos – avaliou

Para Mourão, o caráter político das investigações coloca em xeque a validade das conclusões finais a que chegarão os senadores. Ele também ironizou a sessão, quando houve pedidos de prisão do policial militar Luiz Paulo Dominghetti, apontado por uma reportagem da Folha de São Paulo, como autor de uma denúncia de que um ex-diretor teria pedido propina.

– Tem uma turma ali que nunca prendeu ninguém e está doida para prender. A partir do momento que tem muita coisa política, as decisões que chegam ao final da CPI podem ser mais incisivas ou não. É só isso. Qualquer coisa (na CPI) é “vou mandar prender” – ironizou.

*Com informações AE

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();