EUA terão “terceiro gênero” no passaporte para não binários



Secretário Anthony Blinken diz que medida é parte do compromisso de Joe Biden para "promover a liberdade"

O Departamento de Estado norte-americano informou que os passaportes estadunidenses passarão a ter um “terceiro gênero” para os cidadãos que não se identificam como “não binários, intersexuais e não conformes com o gênero”. A mudança, porém, deve demorar um tempo até ser implementada. As informações são do Christian Headlines.

– Estaremos atualizando nossos procedimentos para permitir que os candidatos selecionem seu sexo como “M” ou “F” e não precisaremos mais de atestado médico se o sexo escolhido pelo candidato não corresponder ao gênero em seus outros documentos de cidadania ou identidade – afirmou o secretário de Estado, Anthony Blinken.

De acordo com Blinken, a medida é parte do compromisso do presidente Joe Biden em promover a “liberdade, dignidade e igualdade de todas as pessoas”. A pasta afirma estar avaliando qual a melhor abordagem para adicionar o novo marcador de gênero.

Blinken afirmou ainda que “trabalhará em estreita colaboração com seus parceiros interagências para garantir uma experiência de viagem mais tranquila possível para o titular do passaporte”.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();