Brasil é o país onde partidos mais sugam recursos públicos, 7x a média mundial



Estudo apresentado na Câmara revela que o custo das campanhas para o pagador de impostos brasileiro equivale a quase 7x a média mundial

O Brasil é o país do qual os partidos políticos mais sugam recursos públicos em todo o mundo. Foram mais de R$2,2 bilhões para a eleição de 2020, recorde absoluto. Estudo apresentado na XI Jornada de Pesquisa e Extensão da Câmara revela que o custo das campanhas eleitorais para o pagador de impostos brasileiro equivale a US$446 milhões (ou R$2,281 bilhões), quase sete vezes o valor médio (US$ 65,4 milhões) dos gastos de outras 33 democracias mundo afora.

Segundo lugar distante

O México é o segundo colocado, com US$307 milhões distribuídos aos partidos, e ainda assim gastou apenas 68% da conta brasileira.

Já os ricos de verdade...

Nos EUA, o dinheiro público destinado aos partidos políticos não chega a US$ 20 milhões. Na poderosa Alemanha, atingem US$ 200 milhões.


Metido a rico

Reino Unido, Argentina, Áustria, Canadá, Bélgica, França, Índia, a maior democracia do mundo, Itália, Japão... todos gastam menos que o Brasil.


Justiça jabuticaba

O estudo na XI Jornada de Pesquisa e Extensão da Câmara apontou também que só o Brasil mantém uma (caríssima) Justiça Eleitoral.




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();