BOLSONARO SOBRE STF: ‘Tiraram o Lula da cadeia, tornaram elegível para ele ser presidente na fraude’



Bolsonaro criticou falta do voto impresso

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar articulação contra o voto impresso e, citando uma “articulação” dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que “como [o sistema eleitoral] está aí, a fraude está escancarada”.

– Tiraram o Lula da cadeia, tornaram-no elegível para ele ser presidente na fraude. Isso não vai acontecer – declarou Bolsonaro durante conversa com apoiadores na manhã desta quinta-feira (1º).

Bolsonaro repudiou a postura dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes, que atuaram para influenciar os partidos a rejeitarem a ideia de aprovar o voto impresso. No que classificou de “articulação” entre os membros da Corte, Bolsonaro afirmou que, se a resistência ao voto impresso prosperar, “esses três ministros vão ter que inventar uma outra maneira de termos eleições confiáveis”.

Contra o argumento de que a viabilização do voto impresso exigiria grande investimento público, Bolsonaro negou que seja um problema e garantiu: “Dinheiro tem…Já está arranjado [o] dinheiro para as eleições, para comprar impressoras”.

*Com informações da AE

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();