Bolsonaro faz denúncia grave: “Tem uma articulação de três ministros do STF para não ter o voto auditável; (veja o vídeo)



Na chegada ao Palácio do Planalto, na manhã desta quinta-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores que o aguardavam.

Entre fotos e manifestações de carinho dos presentes, Bolsonaro falou sobre as tentativas de impedir a implementação do voto auditável, que tem sido uma de suas principais pautas, desde a campanha eleitoral, em 2018.

“Tem uma articulação de três ministros do Supremo [Tribunal Federal] para não ter o voto auditável. Se não tiver, vai ter que ter uma manifestação. Eles vão ter que apresentar uma maneira de termos eleições limpas.

Se não tivermos, vão ter problemas no ano que vem. Eu estou me antecipando a problemas para o ano que vem, com o voto auditável, para ter a certeza de que eu vou votar e vai ser eleito.

Como está aí, a fraude está escancarada. Não vai ser só para presidente, não. Vai ser para governador, para senador: fraude!”, alertou ele.

E voltou a garantir que, caso o voto impresso seja aprovado pelo Congresso, será implementado no país:

“Eu já falei: se o Congresso promulgar, vai ter voto impresso”, declarou Bolsonaro.


O presidente apontou,ainda, os motivos pelos quais a oposição se mantém tão firmemente contra o sistema auditável:

“Porque tiraram o Lula da cadeia, tornaram elegível, para ele ser presidente na fraude, e isso não vai acontecer”, afirmou ele.


Confira:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();