Repressão Comunista: China ordena “caçada” a livros sobre religião



Caso foi reportado pelo pastor Bob Fu, do grupo China Aid

Na última sexta-feira (25), o pastor Bob Fu, do grupo China Aid, usou as redes sociais para falar sobre ações do Partido Comunista Chinês contra a liberdade religiosa. Segundo ele, alunos da 1ª série receberam um aviso de que pais e professores deveriam “caçar” livros religiosos.

– Nova Revolução Cultural’ começa em #CCPChina este aviso aos alunos de uma classe de 1ª série exigindo que todos os pais e professores caçam todos os ‘livros religiosos, livros antagônicos e livros estrangeiros, incluindo livros e vídeos que são copiados / duplicados e traduzidos’. Todos são obrigados – relatou ele.

Em um outra publicação, Fu mostrou o coro de uma igreja cantando o hino que diz: “Sem Partido Comunista não haveria uma nova China”.

– A “igreja tríplice”, controlada pelo PCCh, canta “Sem o Partido Comunista, não haveria uma nova China“ O coro agita bandeiras do Partido Comunista no púlpito.#Fakechurch assista ao videoclipe. (…) O Senhor é o nosso Caminho, Verdade e Vida. João 14: 6) – escreveu ele.

O caso foi reportado pela CBN News. Para Gary Lane, correspondente internacional sênior do site, o objetivo dos comunistas é doutrinar estudantes e também impedir protestos nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 que acontecerão em fevereiro de 2022 em Pequim.

– Temos uma Olimpíada chegando e o governo comunista chinês não quer nenhuma interrupção para as Olimpíadas. Eles realmente temem que possam haver protestos, um movimento pró-democracia acontecendo, e assim por diante, antes das Olimpíadas e durante as Olimpíadas.

Lane acredita ainda que o partido está deixando um recado aos pais dos estudantes, deixando claro que não aceita conluio com estrangeiros.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();