PT e PSB vai ao STF contra realização da Copa América no Brasil que será transmitida pelo SBT, mesmos partidos se calaram em realização de campeonatos transmitidos pela GLOBO

Partido enviou documento ao ministro Ricardo Lewandowski poucas horas após anúncio de que jogos seriam realizados no país

Em um documento endereçado ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), o Partido dos Trabalhadores acionou a Corte nesta segunda-feira, 31, contra a realização da Copa América no Brasil. Segundo o PT, a permissão para realizar o evento no país é “inconstitucional” por parte do governo e “desafia a tomada de providências urgentes”. 

LEIA TAMBÉM: Morre jornalista que “torceu” para coronavírus matar Bolsonaro, Fábio Campana faleceu aos 74 anos, vítima da Covid-19 e estava vacinado com coronavac

Manifestações contra Bolsonaro “fracassam” e web debocha

Sobe para 66 o número de idosos contaminados com covid e 2 mortos em asilo de Anápolis, todos já tinham sido vacinados com segunda dose

Irmão da traficante mais procurada do Brasil Sandra Sapatão é assessor de deputada do Psol

Igreja Universal doa 280 mil kits de higiene em 602 presídios brasileiros

Citando um trecho da nota divulgada pela Conmebol, na qual o presidente Jair Bolsonaro é citado, o PT critica o governo pelo “imediato aval para a realização do evento, sem se preocupar com o avanço epidemiológico enfrentado pelo país, muito menos consultando os demais entes federativos sobre sua concepção nesses casos”, cita o Brasil como um dos países mais ineficazes na luta contra o vírus e lembra do crescente número de mortes, que já ultrapassa os 460 mil desde o início da pandemia.

Entre os pedidos do PT estão a interrupção dos preparativos para os jogos; a intimação de Bolsonaro e outros ministros para prestarem esclarecimentos sobre o processo administrativo feito para aferir a condição do país receber o evento e a intimação de prefeitos e governadores das cidades e Estados que receberem os jogos para mostrar condições estruturais para sediarem as partidas. 

O evento deve ser iniciado no dia 13 de junho e seria sediado na Colômbia, país que desistiu de abrigar a competição por causa de uma grave crise política. Com o cancelamento, a sede do evento passou a ser a Argentina, que sinalizou não poder receber os jogos por causa do aumento nos casos de Covid-19. Poucas horas após o anúncio de que os jogos deveriam ser realizados no Brasil, alguns Estados, como Pernambuco e Rio Grande do Norte divulgaram nota se recusando a receber as partidas.



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();