Peru: Candidata Fujimori é ultrapassada e denuncia com provas fraude da esquerda nas eleições



Candidata apresentou uma série de fotos e vídeos que comprovariam fraudes nas votações

A candidata à Presidência do Peru, Keiko Fujimori, denunciou na segunda-feira (7) uma suposta “fraude sistemática” nas eleições presidenciais do país, indicando uma série de irregularidades que ela atribui ao partido Peru Libre, de seu rival Pedro Castillo.

LEIA TAMBÉM: Morre jornalista que “torceu” para coronavírus matar Bolsonaro, Fábio Campana faleceu aos 74 anos, vítima da Covid-19 e estava vacinado com coronavac

Manifestações contra Bolsonaro “fracassam” e web debocha

Igreja Universal doa 280 mil kits de higiene em 602 presídios brasileiros

Morre de infarto professor que pediu fuzilamento de bolsonaristas

URGENTE: China confirma primeiro contágio humano no mundo da cepa H10N3 da gripe aviária

Prefeitos e governadores continuam agindo como se o vírus não pegasse em ônibus lotado

Em entrevista coletiva, Fujimori afirmou ter detectado diversos problemas processo eleitoral realizado no último domingo (6). Entre as acusações de Fujimori estão a impugnação de atas que demonstrariam sua vantagem e a fraude de 87 cartões de identificação por parte de um funcionário do partido Peru Libre. A candidata apresentou fotos e vídeos para respaldar sua denúncia.

Próximo de 96% das urnas apuradas até 12h desta terça-feira (8), Castillo liderava a corrida eleitoral com 8,59 milhões de votos válidos, equivalente a 50,2%, e Fujimori tinha 8,51 milhões, que totalizava 49,8%.

– Há uma intenção clara de boicotar a vontade popular. Não é que estejamos preocupados com a nossa candidatura, é com a defesa do futuro do nosso país – declarou ela.

O candidato à vice-presidência na chapa de Fujimori, Luis Galarreta, disse na entrevista coletiva que uma família inteira, partidária de Castillo, compareceu à mesa de votação de uma das seções eleitorais. Além disso, ele destacou que têm mais de 1.200 atas contestadas, nas quais Fujimori lidera a votação.

– Sabemos que as atas que chegam de compatriotas no exterior precisam ser contadas e confiamos que a votação será equilibrada – completou Fujimori.

*Com informações do Estadão


3 comentários:

  1. se n colocarem auditoria nas urnas no brasil, vai ser complicado eleição

    ResponderExcluir
  2. Pqp, não tem nem um macho que varre a porra desta esquerda ladrona dos infernos, foi assim os EUA, talvez na Argentina, agora no PERU , vamos esperar a nossa vez deitados os em berço esplêndido

    ResponderExcluir
  3. Por isso que estão colocando essas pesquisas onde o lutadrão está na frente. É pra quando ter as eleições e eles falarem que os 09 dedos estava sempre a frente nas pesquisas. Temos que fazer algo rápido ou vamos ser roubados.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();