Morre de covid-19 médico do Hospital Regional do Cariri no Ceará, médico já tinha tomado 2° dose da vacina Coronavac



André Ramalho estava internado no hospital há duas semanas

O médico André Ramalho, profissional do Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, morreu em decorrência da Covid-19, nesta sexta-feira (4). Ele tinha 36 anos.

Segundo amigos de André, ele estava internado há duas semanas, no hospital onde trabalhava, e acabou não resistindo. Inicialmente, ele foi atendido no hospital de Brejo Santo.

André era especialista em ortopedia e traumatologia. Ele atendia no HRC e em clínicas da região do Cariri e de Pernambuco.

O médico já havia recebido as duas doses da vacina CoronaVac contra a Covid-19, ainda segundo amigos. Ele tinha obesidade.

Familiares e amigos lamentaram a morte de André nas redes sociais. Desde a sua internação, a família compartilhava momentos de oração no perfil do médico.

Especialistas ouvidos pelo Diário do Nordeste explicam que óbitos de pacientes imunizados são raros e não evidenciam que as vacinas não funcionam. Os pesquisadores ressaltam que nenhum imunizante utilizado tem 100% de eficácia.


13 comentários:

  1. Eu também tomei a coronavac mas não me sinto em segurança.

    ResponderExcluir
  2. Interessantes é que só estão morrendo de covid-19 só os que tomam a coronavac

    ResponderExcluir
  3. Já tomei as duas doses e
    Não me sinto seguro

    ResponderExcluir
  4. Interessante que na hora da aprovação dessa vacina de forma forçada, falavam que era 100% a eficácia pra p risco de morte!

    ResponderExcluir
  5. Fato é, pessoas estão sendo "imunizadas", imunizadas como ? Se, mesmo tomando as duas doses estao morrendo?

    S3m vacinas, com vacinas, com água de coco ou s3m água de coco, algum as pessoas irão pegar o Covid é irão morrer isto é fato, não importa se sejam pobres, ricas, novos, velhos, atlhetas ou não...

    O porquê ainda é uma incógnita...
    Pessoa que ficaram em Lockdown desde quando ouviram falar em Covid,pois o pé fora de casa morreram,outras que não mudaram nada o seu rito de vida, tá aí, saudável,dorme e forte...

    ResponderExcluir
  6. Engraçado que o calcinha apertada tomou a da Pfizer.

    ResponderExcluir
  7. Interessante é que o maior defensor da coronavac tomou a da Pfizer.

    ResponderExcluir
  8. Tanto fez propaganda da coronavac e não tomou?
    Não devia tomar da sua vacina?

    ResponderExcluir
  9. Bem fiz eu q não tomei vacina nenhuma,não quis ser cobaia!

    ResponderExcluir
  10. Eu não vacinei, decidi não ser cobaia.

    ResponderExcluir
  11. Aqui onde eu moro no interior de Goiás , são LUIZ de montes belos ,no lar dos idosos tem vários idosos que tomaram as duas doses da vacina e pegaram Covid 19 , são 19 idosos que pegaram o vírus depois de imunizados !

    ResponderExcluir
  12. Pior que deveriam divulgar o índice de mortes por covid após serem vacinados. Aqui em Macapá só que eu conheço e que tomaram as duas doses da coronavac e morreram de covid foram seis pessoas, inclusive três da mesma família em menos de 24 horas.

    ResponderExcluir
  13. Nenhuma delas tem a eficácia de 100%, afinal estão sendo testadas na população...NÃO houve tempo necessário para estudar a garantia.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();