Ministro da Saúde Queiroga negocia compra de 100 milhões de doses da vacina de dose única da Moderna



Ministro da saúde também comentou antecipação de doses da Janssen

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta segunda-feira (7) que tem buscado adquirir 100 milhões de doses da vacina da farmacêutica Moderna contra a Covid-19. Sem dar mais detalhes sobre o estágio da negociação, ele disse que este tipo de acordo é “sensível”.

LEIA TAMBÉM: Morre jornalista que “torceu” para coronavírus matar Bolsonaro, Fábio Campana faleceu aos 74 anos, vítima da Covid-19 e estava vacinado com coronavac

Manifestações contra Bolsonaro “fracassam” e web debocha

Igreja Universal doa 280 mil kits de higiene em 602 presídios brasileiros

Morre de infarto professor que pediu fuzilamento de bolsonaristas

URGENTE: China confirma primeiro contágio humano no mundo da cepa H10N3 da gripe aviária

Prefeitos e governadores continuam agindo como se o vírus não pegasse em ônibus lotado

– Estamos trabalhando para conseguir 100 milhões de doses da Moderna para fortalecer ainda mais o nosso Programa Nacional de Imunização (PNI). Quando tiver um contrato definido, nós comunicaremos. São negociações internacionais sensíveis. Nós podemos antecipar e estamos negociando com a Moderna, bem como buscando antecipação de doses prontas – afirmou.

O cardiologista também agradeceu aos Estados Unidos pelas 6 milhões de doses que foram doadas à América Latina, medida anunciada pelo presidente Jor Biden na última quinta-feira (3).

– Não sei ainda o número exato de doses que vão chegar [dos EUA para o Brasil], e isso vai ser por partes. Quando tivermos um número exato, nós falamos para vocês, mas já é uma excelente notícia – declarou.


DOSE ÚNICA

Queiroga também citou as 3 milhões de doses da Janssen que foram antecipadas para o mês de junho. O imunizante em questão é eficaz contra a Covid-19 com apenas uma aplicação, acelerando, portanto, o processo de vacinação no Brasil e evitando os casos de pessoas com a segunda dose atrasada. Por enquanto, o país tem garantia de receber 38 milhões de doses da Janssen, que estão previstas para chegar até o fim do ano.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();