Governo Bolsonaro autoriza investimentos de R$ 30 milhões para expansão das atividades da CBTU em Natal e Recife


Na capital potiguar, recursos serão usados em construção de linhas férreas e estações e no conserto de parte da frota de VLT. Em Pernambuco, repasse permitirá integração temporal da frota

Brasília (DF) – O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou nesta sexta-feira (25) o repasse de R$ 30 milhões para a expansão das atividades da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em Natal (RN) e no Recife (PE). Na oportunidade, ele também assinou a ordem de serviço para elaboração do projeto executivo para a construção da Linha Roxa da CBTU na capital potiguar.

Rogério Marinho reforçou o compromisso do Governo Federal em investir em obras que beneficiem a população. Ele também ressaltou o impacto das intervenções para a melhoria da mobilidade urbana na Região Metropolitana de Natal, especialmente em São José de Mipibu e Nísia Floresta, que serão atendidas pela Linha Roxa.

LEIA TAMBÉM: Aos 79 anos, senador José Serra é internado com Covid em SP, senador se vacinou com 2 doses da CORONAVAC em Março

CPI DA COVID: STF PROTEGE E FORMA MAIORIA PARA PROIBIR CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES

Duas pessoas são presas em Goiás por ajudar fuga de Lázaro

Homem é espancado a pauladas após ser confundido com serial killer Lázaro

Após seguidos Lockdowns sem resultado, Prefeito petista decreta novo lockdown em Araraquara

“Estamos reafirmando o nosso compromisso, o compromisso do presidente Bolsonaro de destinarmos recursos públicos para as populações que mais precisam da mão e do apoio do Governo Federal”, destacou Marinho. “As populações que vivem nesses dois municípios em especial, e que precisam se deslocar para Natal e para Parnamirim para trabalhar e para buscar o seu lazer, normalmente utilizam o transporte intermunicipal, pagando um preço que, muitas vezes, pressiona o seu orçamento familiar. Agora, eles vão passar a ter um transporte de qualidade, com conforto, regularidade e, sobretudo, com dignidade para as pessoas que precisam ser transportadas no seu dia a dia”, completou o ministro.

Do total que será repassado para a CBTU, R$ 25 milhões serão destinados às operações na Região Metropolitana de Natal. A Linha Roxa, que será implementada, receberá R$ 8,7 milhões para a realização dos estudos necessários para o início das obras. O projeto prevê a implantação de cerca de 4,1 quilômetros de linha férrea e a construção de três estações de passageiros: BR-101 Norte, Guararapes e Vicunha. A previsão é que 2 mil pessoas possam ser atendidas a partir do início da operação.

Já a Linha Branca contará com aporte de R$ 13,4 milhões, sendo que R$ 10 milhões serão destinados aos Trechos 2 e 3, atendendo as cidades de São José de Mipibu e Nísia Floresta. As etapas contemplam a instalação de 20 quilômetros de via férrea e das estações São José de Mipibu e Papary.

Outros R$ 3,4 milhões serão voltados à continuidade das intervenções no Trecho 1 da Linha Branca. Este trecho inclui 3,4 quilômetros de linha férrea e as estações Boa Esperança e Cajupiranga. Além disso, R$ 2,8 milhões serão destinados ao conserto de parte da frota de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) que atende a Grande Natal.


Recife

O repasse também beneficiará as ações da CBTU no Grande Recife. O repasse de R$ 5 milhões vai permitir a integração temporal da frota. Dessa maneira, os usuários poderão utilizar a malha ferroviária com uma única passagem durante determinado período de tempo.

“Este é o primeiro repasse feito pelo Governo Federal para investimentos na malha ferroviária de Natal desde 2009. O que acontecia anteriormente eram repasses feitos para intervenções corretivas e preventivas”, afirmou Marinho. “Agora, estamos possibilitando que os usuários do sistema de transporte da CBTU possam ter melhores condições e mais opções de transporte para chegarem ao trabalho e voltarem para casa. Isso vai levar mais qualidade de vida e dignidade aos cidadãos”, ressaltou o ministro.



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();