FHC, blogs de esquerda e juízes são financiados por George Soros, bilionário faz doações a entidades que defendem o aborto e a legalização das drogas



'ONG' controlada pelo bilionário faz doações a entidades que defendem o aborto e a legalização das drogas

Comandada pelo bilionário George Soros, a Fundação Open Society (Sociedade Aberta, em português) distribuiu US$ 32 milhões (R$ 117 milhões, considerando o câmbio médio de cada ano) a 118 organizações brasileiras entre 2016 e 2019. É o que informou reportagem publicada pelo jornal Gazeta Povo, no domingo 6. A entidade de Soros financia grupos de esquerda no mundo. Entre as bandeiras da “ONG” estão a legalização das drogas e do aborto e a libertação de presos. Confira os principais beneficiários:

Associação Direitos Humanos em Rede

Quanto recebeu: US$ 2,3 milhões

Objetivo da entidade: manifestar-se contra o “encarceramento em massa” e apoiar medidas que reduzam o número de prisioneiros no Brasil

LEIA TAMBÉM: Morre jornalista que “torceu” para coronavírus matar Bolsonaro, Fábio Campana faleceu aos 74 anos, vítima da Covid-19 e estava vacinado com coronavac

Manifestações contra Bolsonaro “fracassam” e web debocha

Igreja Universal doa 280 mil kits de higiene em 602 presídios brasileiros

Morre de infarto professor que pediu fuzilamento de bolsonaristas

URGENTE: China confirma primeiro contágio humano no mundo da cepa H10N3 da gripe aviária

Prefeitos e governadores continuam agindo como se o vírus não pegasse em ônibus lotado

Instituto Sou da Paz

Quanto recebeu: US$ 1,8 milhão

Objetivo da entidade: promover, dentre outras causas, a defesa do desarmamento da população


Instituto Igarapé

Quanto recebeu: US$ 1, 5 milhão

Objetivo da entidade: atuar na defesa da descriminalização das drogas


Fundação FHC

Quanto recebeu: US$ 315 mil, distribuídos em três anos diferentes.

Objetivo da entidade: preservar documentação relativa ao governo Fernando Henrique Cardoso


Instituto Anis

Quanto recebeu: US$ 245 mil

Objetivo da entidade: defender a legalização do aborto no Brasil. A organização é comandada pela professora Débora Diniz, da Universidade de Brasília


A Associação dos Juízes Federais

Quando recebeu (em 2019): US$ 10 mil

Objetivo da entidade: defesa das prerrogativas, dos direitos e dos interesses dos magistrados federais da 3ª Região e a busca do efetivo respeito pela independência, dignidade e prestígio do Poder Judiciário Federal


Quebrando o Tabu

Quanto recebeu: US$ 228 mil

Objetivo do site: com 12 milhões de seguidores no Facebook, a página divulga causas esquerdistas nas redes sociais


Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();