“CULPA DOS CRIMES DE LULA FOI RECONHECIDA POR DEZ JUÍZES”, DIZ SERGIO MORO



Sérgio Moro afirmou nesta quarta-feira (23), que nunca restringiu a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nos processos que julgou na Operação Lava Jato. Moro se manifestou poucos minutos após o Supremo Tribunal Federal confirmar, pelo placar de 7 votos a 4, a decisão da Segunda Turma que o declarou parcial na ação penal do tríplex do Guarujá.

“Os votos dos Mins. Fachin, Barroso, Marco Aurélio e Fux, não reconhecendo vícios ou parcialidade na condenação por corrupção do ex-presidente Lula, correspondem aos fatos ocorridos e ao Direito. Nunca houve qualquer restrição à defesa de Lula, cuja culpa foi reconhecida por dez juízes”, escreveu nas redes sociais.

No julgamento, com maioria já formada em favor do petista, os ministros formalizaram a vitória de Lula. O ex-presidente, que se diz vítima de perseguição política, ficou fora das eleições de 2018 e passou 580 dias na prisão em razão da condenação imposta por Moro.

A defesa do petista pretende estender a declaração de parcialidade do ex-juiz às ações do sítio de Atibaia e do Instituto Lula.



Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();