Bolsonaro: “Essa CPI com 7 bandidos não vai nos tirar daqui”



Presidente voltou a subir o tom contra cúpula da comissão

O presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer duras críticas, nesta quarta-feira (30), contra os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19. Para Bolsonaro, a CPI formada por “sete bandidos”, em referência à cúpula da comissão, não irá conseguir derrubá-lo do cargo com “mentiras”.

– Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui – disse o presidente, durante a inauguração de uma estação radar da Força Aérea Brasileira (FAB), em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

LEIA TAMBÉM: Morre de covid-19 aos 44 anos, Médico ortopedista em Curitiba, médico já tinha se vacinado com 2 doses da CORONAVAC

Pai do prefeito Eduardo Paes morre aos 78 anos vítima de covid-19, Valmar Paes se vacinou em Março com 2° dose da CORONAVAC

CPI DA COVID: STF PROTEGE E FORMA MAIORIA PARA PROIBIR CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES

CPI DA COVID: STF PROTEGE E FORMA MAIORIA PARA PROIBIR CONVOCAÇÃO DE GOVERNADORES

URGENTE: Relatório do CDC dos EUA admitem mais hospitalizações de jovens por causa da vacina com miocardite e pericardite do que do vírus COVID-19

Recentemente, a CPI passou a investigar o contrato do Ministério da Saúde para a compra da vacina indiana Covaxin. As suspeitas começaram após denúncia do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) e de seu irmão, Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde. Os irmãos afirmam que havia sobrepreço no acordo. A pasta chegou a reservar R$ 1,6 bilhão para a aquisição da Covaxin.

Presidente Jair Bolsonaro sobe o tom contra cúpula da CPI da Covid Foto: Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer duras críticas, nesta quarta-feira (30), contra os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19. Para Bolsonaro, a CPI formada por “sete bandidos”, em referência à cúpula da comissão, não irá conseguir derrubá-lo do cargo com “mentiras”.

– Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui – disse o presidente, durante a inauguração de uma estação radar da Força Aérea Brasileira (FAB), em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

Recentemente, a CPI passou a investigar o contrato do Ministério da Saúde para a compra da vacina indiana Covaxin. As suspeitas começaram após denúncia do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) e de seu irmão, Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde. Os irmãos afirmam que havia sobrepreço no acordo. A pasta chegou a reservar R$ 1,6 bilhão para a aquisição da Covaxin.

Nesta terça-feira (29), o Ministério da Saúde decidiu suspender a compra do imunizante após recomendação da Controladoria-Geral da União.








Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();