Ameaça de morte de Ciro Gomes a Bolsonaro vai parar na Justiça Federal do DF



Ex-candidato a presidente comparou Bolsonaro ao líder fascista Benito Mussolini

O procurador-geral da República Augusto Aras enviou à Justiça Federal de Brasília a notícia-crime contra o ex-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT), que se manifestou sobre dar a Jair Bolsonaro “o mesmo destino do Mussolini”.

A ameaça de morte ao presidente Bolsonaro foi denunciada pelo vereador Nikolas Ferreira (PRTB-MG), de Belo Horizonte.

LEIA TAMBÉM: Morre jornalista que “torceu” para coronavírus matar Bolsonaro, Fábio Campana faleceu aos 74 anos, vítima da Covid-19 e estava vacinado com coronavac

Manifestações contra Bolsonaro “fracassam” e web debocha

Igreja Universal doa 280 mil kits de higiene em 602 presídios brasileiros

Morre de infarto professor que pediu fuzilamento de bolsonaristas

URGENTE: China confirma primeiro contágio humano no mundo da cepa H10N3 da gripe aviária

Prefeitos e governadores continuam agindo como se o vírus não pegasse em ônibus lotado

Inicialmente, a ação foi parar nas mãos do ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), que despachou a notícia-crime ao gabinete de Augusto Aras. Este, por sua vez, argumentou que Ciro não tem foro privilegiado e que, portanto, caberia à primeira instância do Ministério Público avaliar a necessidade de investigar o pedetista.


AMEAÇA A BOLSONARO

Sempre com declarações polêmicas, Ciro Gomes disse, em um vídeo, que faria com que Bolsonaro tivesse “o mesmo destino de Mussolini”, caso o presidente tentasse dar um golpe de Estado no Brasil. Benito Mussolini, ditador italiano fascista, foi executado pela oposição e teve seu corpo exposto em praça pública.

– Se ele (Bolsonaro) tentar um golpe no futuro ou a qualquer momento, nós daremos a ele o destino que teve Mussolini. Eu, Ciro Gomes, assumo, como palavra de honra, que estarei na luta de um, de dez ou de 1.000 para dar a ele o destino de Mussolini se ele tentar algum golpe no Brasil – disse o ex-candidato à Presidência derrotado em 2018.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();