Pai de santo é preso por estuprar vítimas em ‘limpeza espiritual’



Uma das vítimas tinha apenas 7 anos quando começou a ser abusada

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta quarta-feira (26), um pai de santo suspeito de estuprar fiéis em um ritual que ele chamou de “limpeza espiritual”. Os investigadores afirmam que Mario Luiz da Silva cometia os abusos há mais de 10 anos e usava como justificativa uma suposta cura espiritual.

LEIA TAMBÉM:  Trans que imitou Jesus gay perde ação para Sikêra e é condenada a pagar honorários

Aos gritos de mito, Bolsonaro inaugura ponte sobre o rio madeira, Ponte era esperada há 40 anos

Exclusivo: documentos do MPRJ sobre ação policial detalhada no Jacarezinho foram apreendidos com traficantes; Alguém do MP vazou para os traficantes

Polícia Federal deflagra operação contra desvio de medicamentos para intubação no Amapá

O religioso foi preso na Estrada de Paciência, na Zona Oeste do Rio, e levado para a delegacia de polícia em Campo Grande, na mesma região. Segundo a polícia, ao menos três vítimas já reconheceram Mario Luiz como autor dos estupros.

Uma das vítimas é menor de idade, e as evidências apontam que ela vinha sendo abusada desde os 7 anos.

A defesa de Mario Luiz da Silva não se pronunciou.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();