Covid-19: Brasil atinge marca de 90 milhões de vacinas distribuídas pelo Governo Bolsonaro



Segundo o Ministério da Saúde, mais 13 milhões de doses devem ser distribuídas aos estados até o dia 19 de maio

O Brasil atingiu, nesta terça-feira (18), a marca de 90 milhões de vacinas distribuídas aos estados para a campanha de imunização contra a covid-19, segundo o Ministério da Saúde.

Em nota, a pasta informou que até o dia 19 deve enviar aos estados mais 13 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, da CoronaVac e da Pfizer.

LEIA TAMBÉM: Toffoli ministro do STF recebeu R$ 3 milhões para mudar voto, afirma Cabral em delação

URGENTE: Documento chinês vazado aponta coronavírus como arma biológica cinco anos antes da pandemia

Bolsonaro sobrevoa protesto e apoiadores gritam: ‘Eu autorizo!’

DEM expulsa Rodrigo Maia, que deverá perder o mandato

“A força-tarefa faz parte do esforço do Ministério da Saúde para ampliar ainda mais a campanha e garantir que toda a população vacinável seja imunizada contra a doença até o fim do ano”, diz a nota.

A responsabilidade pela divisão e distribuição das vacinas entre os municípios é de cada estado. O intervalo entre as doses a ser respeitado é de quatro semanas para a CoronaVac, e de 12 semanas para as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca.

O Vacinômetro do R7 mostra que mais de 39 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no país, o que corresponde a 18% da população, sendo que mais de 19 milhões já receberam a segunda dose e estão completamente imunizadas.

“A força-tarefa faz parte do esforço do Ministério da Saúde para ampliar ainda mais a campanha e garantir que toda a população vacinável seja imunizada contra a doença até o fim do ano”, diz a nota.

A responsabilidade pela divisão e distribuição das vacinas entre os municípios é de cada estado. O intervalo entre as doses a ser respeitado é de quatro semanas para a CoronaVac, e de 12 semanas para as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

O Vacinômetro do R7 mostra que mais de 39 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no país, o que corresponde a 18% da população, sendo que mais de 19 milhões já receberam a segunda dose e estão completamente imunizadas.



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();