Bolsonaro chega a cavalo em manifestação pró-governo e o povo grita ‘Renan vagabundo’


Atos em favor do governo ocorreram neste sábado em Brasília

Apoiadores de Jair Bolsonaro aproveitaram o ato em favor do presidente para mandar um recado a um desafeto de Bolsonaro, o senador Renan Calheiros (MDB-AL). Durante a manifestação na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a população aproveitou para gritar “Renan vagabundo”.

LEIA TAMBÉM:  Trans que imitou Jesus gay perde ação para Sikêra e é condenada a pagar honorários

Aos gritos de mito, Bolsonaro inaugura ponte sobre o rio madeira, Ponte era esperada há 40 anos

Exclusivo: documentos do MPRJ sobre ação policial detalhada no Jacarezinho foram apreendidos com traficantes; Alguém do MP vazou para os traficantes

Polícia Federal deflagra operação contra desvio de medicamentos para intubação no Amapá

 Fachin sai em defesa dos traficantes e cita indícios de ‘execução arbitrária’ no Jacarezinho

O ato ocorreu em frente ao próprio Bolsonaro, que teve atritos com Renan na última semana. O parlamentar é o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid.

O primeiro uso do termo vagabundo partiu do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que se mostrou indignado com os pedidos de Renan Calheiros para prender o ex-chefe da Secom, Fábio Wajngarten.

Presidente também discursou contra ‘arbitrariedades’ de governadores e prefeitos

O presidente Jair Bolsonaro participou neste sábado de uma manifestação organizada por ruralistas para apoiar o governo.

Depois de cavalgar na frente dos manifestantes usando um chapéu de boiadeiro na Esplanada dos Ministérios, Bolsonaro subiu em um carro de som e, sem citar nominalmente o STF, fez discurso afirmando que "tiraram um canalha da cadeia". Segundo ele, um político solto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula, que também não teve no nome citado, quer ganhar a eleição por meio de fraude.

Bolsonaro disse que só o voto impresso é capaz de garantir a lisura das eleições.

Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();