PGR DÁ 10 DIAS PARA GOVERNADORES EXPLICAREM A BAIXA QUANTIDADE DE NÚMERO DE VACINADOS


A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou na quinta-feira (15) um ofício a todos os governadores solicitando a prestação de esclarecimentos, em até 10 dias, sobre a diferença entre o número de vacinas enviadas pelo governo federal aos estados e a quantidade de doses aplicadas.

De acordo com o ofício chancelado por Augusto Aras, o Ministério da Saúde aponta que já foram distribuídas aos estados um total de 49.794.896 doses de vacinas contra a covid-19, mas apenas 32.810.523 foram aplicadas.

Os dados foram retirados e estão disponíveis no vacinômetro da plataforma LocalizaSus.

Nos documentos, são relacionados o total de vacinas enviadas e o que foi aplicado em cada estado, registrando a diferença nos números.

Ainda de acordo com o ofício da PGR, a campanha nacional de vacinação contra Covid teve início em 18 de janeiro, com a distribuição de doses das vacinas produzidas pelo Instituto Butantã e pela Fundação Oswaldo Cruz.

As pautas de distribuição das vacinas às Unidades Federativas, elaboradas e divulgadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) por meio de Informes Técnicos da Campanha, direcionam a quais públicos as doses devem ser destinadas.
 

Um comentário:

  1. Só para justificar o "baixo número de vacinados", é isso mesmo que eu li? Esse país não merece isso. Pensei que fosse para que os governadores explicassem o que fizeram com a grana que o governo federal destinou para os hospitais de campanha!!! Aqui no Estado do ES estão faltando medicamentos essenciais para tratamento de pessoas que precisam usar o tubo de oxigenação, e não somente nos casos de COVID. CADÊ OS RECURSOS????

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();