O CHORO É LIVRE, DIZ MAJU COUTINHO AOS BRASILEIROS QUE SOFREM COM RESTRIÇÕES; VEJA O VÍDEO


Durante a edição do Jornal Hoje desta quarta-feira (17), Maju Coutinho, âncora do telejornal da Globo, comentou sobre a série de restrições no país, incluindo o lockdown.

A declaração da apresentadora, contudo, não agradou os telespectadores e a colocou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

LEIA TAMBÉM: Após Bolsonaro tirar impostos federais do botijão de gás e diesel, governadores e DF aumentam impostos estaduais do diesel e gás de cozinha

URGENTE: Mulher dada como morta por Covid-19 se levanta do caixão em velório; VÍDEO.

PT, PC do B, REDE e PSOL votaram contra criação e aprovação do novo auxílio emergencial que irá socorrer milhões de famílias

Lockdown que mata: Feirante tira a vida em Salvador e cita governador e prefeito em carta, "NÃO ESTOU CONSEGUINDO PAGAR MINHAS DÍVIDAS POR CAUSA DO GOVERNADOR E PREFEITO DECRETARAM FECHAMENTO DE TUDO"

O Governo Bolsonaro já contratou mais de 562 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 que serão entregues ainda em 2021

Em seu discurso, Maju usou o termo ‘o choro é livre’, gerando grande revolta entre os internautas, já que milhões famílias seguem enfrentando diversos problemas financeiros e emocionais desde que o surto da Covid-19 foi registrado pela primeira vez no país, resultando numa série de restrições sociais e limitações da garantia do sustento do lar.

“As medidas restritivas de circulação estão se espalhando. Os especialistas são unanimes em dizer que estas medidas são indispensáveis para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para reclamar, é isso que tem”, afirmou a jornalista, ao vivo.

Repercussão

Nas redes sociais, internautas criticaram a postura da global.

“O choro é livre, diz Maju Coutinho, em tom arrogante, aos brasileiros que perderam seus empregos, estão desesperados e já passam fome”, escreveu Sergio Camargo, presidente da Fundação dos Palmares.

“Esse é a mensagem que a apresentadora tem para aqueles que perderam emprego e estão passando fome por causa das medidas ditatoriais”, disse Thimóteo Oliveira, âncora da Brado Rádio.

“Dispensa comentários. Lamentável. Mas há outro ponto grave na fala da apresentadora: ‘os especialistas são unânimes…’. Não é verdade. Os especialistas não são unânimes em absolutamente nada nessa pandemia, no Brasil e no mundo”, disparou a medalhista olímpica Ana Paula Henkel.

 

 

Um comentário:

  1. É fácil dizer isto que o choro é livre!
    Para quem ganha além do que merece dizer para ficar em casa é muito fácil.
    Tem mais é que se ferrar esta pesso sem valor

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();