O ministro Kassio Nunes pede vistas e estraga estratégia de Gilmar



Ministro disse que não poderia apresentar voto sem um estudo mais apurado do caso

O ministro Kassio Nunes Marques pediu vista do processo da defesa do ex-presidiário Lula pedindo a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro.

Segundo o ministro, ele nunca acessou anteriormente os autos e não poderia fazer isso em tempo tão curto.

“Até que tentei, rapidamente, alinhar o voto diante do que vi, principalmente do que foi trazido dos autos pelo eminente relator, mas o tempo foi extremamente curto para um membro da corte que jamais participou do processo”, disse.

Marques disse que se surpreendeu com notícias dando certeza do teor de seu voto, mas pediu desculpas aos demais ministros.

“Preciso pedir vista para analisar o conteúdo desse processo. É um processo de extrema relevância e eu não poderia proferir meu voto sem um estudo mais apurado”, explicou.

O ministro se dispôs a ouvir os votos dos demais colegas, mas a ministra Cármen Lúcia disse que aguardaria, pois Nunes Marques não costuma demorar em seus pedidos de vista. Já o ministro Ricardo Lewandowski preferiu proferir o seu voto. Acompanhe abaixo.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();