Marco Aurélio antecipa aposentadoria do STF para não perder reajustes



O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Marco Aurélio Mello, informou à presidência da Corte, por meio de ofício, que vai se aposentar no dia 5 de julho, uma semana antes de completar os 75 anos — limite máximo para permanecer como integrante do tribunal.

No documento, o ministro esclarece que deixará a função alguns dias antes da aposentadoria compulsória, medida foi tomada porque Aurélio não queria perder os reajustes, caso optasse pela aposentadoria compulsória.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();