França autoriza veterinários e dentistas vacinar população contra covid



Com temor de uma nova onda de infecções, país tenta aumentar número de imunizados contra o coronavírus

A França permitirá que veterinários e dentistas apliquem vacinas contra a Covid-19 para “acelerar a campanha”, disse a Autoridade Nacional de Saúde Francesa (HAS) em um comunicado à imprensa nesta sexta-feira (26).

LEIA TAMBÉM: Após Bolsonaro tirar impostos federais do botijão de gás e diesel, governadores e DF aumentam impostos estaduais do diesel e gás de cozinha

URGENTE: Mulher dada como morta por Covid-19 se levanta do caixão em velório; VÍDEO.

PT, PC do B, REDE e PSOL votaram contra criação e aprovação do novo auxílio emergencial que irá socorrer milhões de famílias

“A chegada de doses adicionais permitirá fazer vacinações em maior escala a partir de abril e exigirá a mobilização de mais profissionais para vacinar rapidamente todos os interessados”, disse a agência.

Essas novas categorias de profissionais de saúde que vacinam se juntam a médicos, enfermeiras, farmacêuticos e estudantes de medicina, inclusive aposentados. A maioria receberá um treinamento específico para as vacinas contra Covid.

A França está no meio de uma nova onda de infecções por coronavírus, e sua lenta campanha de vacinação fez pouco até aqui para conter a alta.

Na quinta-feira (25), o primeiro-ministro Jean Castex descreveu a situação em Paris como "extremamente preocupante", e o país proibiu reuniões ao ar livre de mais de seis pessoas em um esforço para reduzir a transmissão.




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();