‘Fachin tem forte ligação com PT’, diz Bolsonaro após decisão sobre Lula



A decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que beneficia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), está repercutindo em todos os segmentos da sociedade.

Com a determinação que reconhece a alegação de incompetência da Justiça Federal no Paraná para processar e julgar o petista, ele agora pode se candidatar ao Palácio do Planalto em 2022, uma vez que passa a ser considerado ficha limpa.

Em entrevista à CNN Brasil no final da tarde desta segunda-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro foi questionado sobre o assunto.

“Qualquer decisão dos 11 ministros, é possível você prever o que eles pensam e o que botam no papel. O ministro Fachin tem uma forte ligação com o PT, não nos estranha uma decisão nesse sentido. É uma decisão monocrática, mas vai ter que passar pelo plenário para que tenha a devida eficácia”, declarou.

“Acredito que o povo brasileiro não quer ter um candidato desse [Lula] em 2022 e nem sequer uma possível eleição dele. A Bolsa foi lá para baixo e o dólar foi lá para cima. Não sou jurista, mas é uma questão de plenário abrir isso daí”, acrescentou o chefe do Executivo.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();