Delações sobre compra de respiradores por R$ 100 milhões que nunca foram entregues colocam governador da Bahia Rui Costa PT na mira da PGR



O governador Rui Costa (PT) está na mira da Procuradoria-Geral da República (PRG), segundo informações do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

LEIA TAMBÉM: General manda recado ao Brasil: Cabe ao povo brasileiro exercer o direito legal e ir para as ruas, de forma ordeira, firme, resoluta, sem descanso e sem retrocessos

URGENTE: Mulher dada como morta por Covid-19 se levanta do caixão em velório; VÍDEO.

Após decisão de Fachin, general fala em "ruptura institucional"

Após Bolsonaro tirar impostos federais do botijão de gás e diesel, governadores e DF aumentam impostos estaduais do diesel e gás de cozinha

O motivo, segundo a publicação, são delações premiadas a respeito da compra de respiradores, por R$ 100 milhões, que nunca foram entregues. O dinheiro também nunca foi devolvido aos cofres públicos.

Desde junho do ano passado, o caso saiu da Justiça baiana e passou a tramitar no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Pelo menos dois inquéritos abertos pelo Ministério Público Federal (MPF), acompanhados pela PGR, investigam uma das compras de respiradores, feita junto à Hempcare.

Na época do escândalo, o secretário da Casa Civil de Rui, Bruno Dauster, foi exonerado do governo.

5 comentários:

  1. Se há suspeita tem que investigar, e se deve tem que pagar.

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que tem STF , se não o governador iria preso ,mas uma vez STF foi susto em salvar o governador e não salvou a população.

    ResponderExcluir
  3. Isso a mídia não comenta só fala mal do governo federal

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();