Breaking news

Com Trump fora da Casa Branca, imprensa dos EUA perde audiência, Telespectadores consideram Joe Biden "chato demais", avalia consultoria



Os veículos de comunicação dos Estados Unidos vem perdendo audiência e leitores desde que Donald Trump deixou a Presidência. Os telespectadores consideram o democrata Joe Biden “chato demais”, segundo análise da consultoria Nielsen. 

A rede de notícias CNN, por exemplo, vivencia uma queda repentina, com o desaparecimento de mais da metade de sua audiência entre janeiro e a primeira quinzena de março no horário nobre (20h30-22h). 

LEIA TAMBÉM: Após Bolsonaro tirar impostos federais do botijão de gás e diesel, governadores e DF aumentam impostos estaduais do diesel e gás de cozinha

URGENTE: Mulher dada como morta por Covid-19 se levanta do caixão em velório; VÍDEO.

PT, PC do B, REDE e PSOL votaram contra criação e aprovação do novo auxílio emergencial que irá socorrer milhões de famílias

Por outro lado, os concorrentes da emissora MSNBC e Fox News estão melhores, apesar de também registraram queda nos pontos do “Ibope” norte-americano.

A mídia impressa é outra impactada. De esquerda, o jornal New York Times perdeu quase 20 milhões de visitantes em seu site entre janeiro e fevereiro. 

O efeito se estende ao Washington Post, de oposição ao Partido Republicano: quase 30 milhões, de acordo com dados da empresa Comscore. 

Ouvido pela agência de notícias AFP, o professor da Universidade de Hatford Adam Chiara avalia que as pessoas estão interessadas em notícias sobre Trump. “Querem saber o que está acontecendo hoje com ele”, observou o especialista, ao mencionar que a preferência da mídia por Biden enfraqueceu os jornais.

A QUEDA NA AUDIÊNCIA REVELA QUE TRUMP TINHA RAZÃO AO DIZER QUE AS ELEIÇÕES FORAM FRAUDADAS, POIS NADA EXPLICA BIDEN GANHAR AS ELEIÇÕES E O PÚBLICO AMERICANO NÃO GOSTAR DELE, SE OS VOTOS FOSSEM LEGÍTMOS A AUDIÊNCIA NÃO TERIA CAÍDO TANTO




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();